top of page

Método Cornell aplicado à leitura

Existem muitos métodos que nos auxiliam a fixar melhor novas ideias e transformam nossos processos de aprendizagem. Cornell é um deles e hoje mostramos como você pode adaptar nosso caderno e as páginas pautadas do Planner Bookart para criar um super arquivo dos pontos principais dos seus livros, bora?



O que é o método Cornell


O Método Cornell é um processo de aprendizagem baseado na produção de resumos e anotações que, fixado de forma mais organizada, torna-se melhor assimilado pelo aluno.


Foi pensado pelo Dr. Walter Pauk com foco em anotações em aulas, seminários, palestras e resumos em geral.


Como funciona o método Cornell


Ele é dividido (essencialmente) em partes:



Gancho/ Pergunta: Na coluna da esquerda, deixamos uma palavra-chave, uma pergunta (que funcione como palavra-chave, uma espécie de gancho que ao nos fazermos, ativa automaticamente a resposta que está na coluna ao lado, a de...


Notas: Aqui, fica a ideia resumida que você extraiu (da aula/ do seminário etc).


Recomenda-se escrever primeiro a nota e, depois, definir a palavra-chave ou gancho.


Ainda na área de notas, os especialistas no método nos orientam a praticar a aprendizagem ativa, ou seja: não copiarmos o que ouvimos e, sim, raciocinarmos em cima e escrevermos da nossa cabeça o que entendemos do que ouvimos. Também explicam que podemos alterar esse formato.


Há quem prefira, por exemplo, deixar a parte do resumo em outra página, para ter mais espaço e até separar as áreas por página, por exemplo: mantendo a palavra-chave ou pergunta-gancho em uma página e a 'resposta' (a nota), em outra, treinando mais ainda a memorização. Alternativas... Escolha o que funcionar melhor para você.


Deixe o espaço maior para notas (repare que na nossa imagem acima, deixamos 1/3 da largura da página do nosso caderno para a coluna Gancho e 2/3 para notas) e não se preocupe se não couber tudo em uma linha.


Uma outra dica é pular uma linha entre um tópico e outro para não poluir visualmente. Afinal, o objetivo é que você tenha esse material para consulta e reforço de estudo. Quanto mais organizado, melhor, certo?


Resumo: Aqui, entra o resumo da página, do capítulo, do evento... Você define.


Como adaptar Cornell para resumo de livros


Na imagem acima, usamos nosso caderno. Tanto os cadernos quanto os Planners BookArt possuem tamanho perfeito para você criar seu formato de anotações.


Vai funcionar similar ao uso do método aplicado no ensino, só que direcionado para livros! Achamos fantástico, já que lemos ao menos 1 livro por mês e parte deles é técnica, ou seja: ter um local como um 'arquivo' para acionarmos as memórias de uma determinada obra é fenomenal!





Alguns modelos de capas para você personalizar seu caderno. Confira todas aqui



Nosso planner também tem página dedicada à leitura, onde você pode criar um arquivo dos títulos lidos e a impressão geral (uma frase-gancho) para lembrar da obra. Personalize o seu aqui


Você já usa Cornell por aí? Ou prefere outro método?

Comments


bottom of page